sexta-feira, 23 de agosto de 2013

UD Leiria : Derrotas na pré-época não tiram ‘sono’ a Bilro

A pré-época não está a correr de feição à União de Leiria. Ao fim de oito jogos de preparação, apenas uma vitória, dois empates e cinco derrotas. Um pecúlio que fez esmorecer um pouco o entusiasmo dos adeptos unionistas, mas que não preocupa o técnico principal da equipa, Luís Bilro.
“Não estou preocupado. Ainda estamos a tentar perceber as carências e as limitações da equipa. Não nos podemos esquecer que o plantel foi estruturado para competir na Divisão de Honra distrital e tivemos que repensar tudo para competir no Campeonato Nacional de Seniores (CNS)”, explicou Luís Bilro.
Nos jogos de preparação, os leirienses venceram os Vidreiros (8-0), empataram duas vezes com a formação júnior (0-0 em ambos os jogos) e perderam contra o Sertanense (2-0), Sourense (1-0), Naval (1-0), Naval (4-3) e Tourizense (1-0), este último em jogo de apresentação aos associados. Apesar de tudo, o técnico unionista acredita que a sua equipa irá começar o campeonato da melhor forma. “Já conseguimos três reforços de peso [Luiz Carlos, Serginho e Fábio Coça] e há a necessidade de acrescentar mais um ou dois elementos. Mas estou convicto que os nossos objectivos se vão concretizar e que vamos começar bem o CNS”, disse.
Luís Bilro explica ainda que as derrotas na pré-época se devem à escolha de “adversários complicados”, admitindo que nunca jogou em função do resultado. “Quisemos ver outro tipo de respostas por parte da equipa que não se confinam nos resultados dos jogos. Prefiro que estas coisas aconteçam na pré-época do que no campeonato porque aí já será tarde”, sublinhou.
Questionado se estas derrotas poderão ter consequências no seio da equipa, Luís Bilro relembra que os objectivos do clube são bem claros: “Temos que ser equilibrados nas expectativas que criamos. Não está definido que vamos subir de divisão. Queremos fazer um campeonato tranquilo e de valorização dos jogadores. Estou certo que todos eles vão corresponder condignamente no momento certo”, concluiu.

.
Plantel será encurtado


.
Actualmente com um plantel de 26 elementos, a que se devem juntar mais um ou dois reforços, Luís Bilro terá que dispensar cerca de cinco a seis jogadores já que, segundo o técnico, o número ideal para a constituição do plantel é de “22 ou 23 atletas”. “Haverá dispensas que, oportunamente, serão comunicadas ao plantel”, frisou o técnico.


Texto: José Roque (Diário de Leiria)
Foto: Luís Filipe Coito

Sem comentários:

Enviar um comentário