quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Juvenal Oliveira - "Trabalhar para conseguir ser titular"

Juvenal Oliveira – G.C. Alcobaça 

Juvenal Oliveira, é um jovem jogador de 21 anos, que joga a defesa, representa actualmente o Ginásio Clube de Alcobaça da 3ª Divisão Nacional. Fez a sua formação na União Desportiva de Leiria, na última época representava a UD Serra, saiu para representar a equipa da cidade de Alcobaça. Estivemos á conversa com ele:

FDL Juvenal conta-nos como começas-te a tua carreira como jogador?
Juvenal
– Comecei a minha carreira como jogador aos 6 anos no Grupo Desportivo Os Nazarenos. Durante 6 anos representei o clube da terra, nos sub-13 fui para o Marinhense onde estive duas épocas antes de rumar à União de Leiria. Quando acabei contrato com o Leiria, assinei pelo ginásio já como atleta sénior, depois como se sabe assinei pela União da Serra e este ano estou de volta a Alcobaça.
FDL – Como te descreves enquanto jogador?
Juvenal –
Posso dizer que sou um jogador muito polivalente, posso jogar em várias posições, o que já aconteceu muitas vezes. Apesar de não ser um jogador muito alto, tenho um bom jogo aéreo, tenho boa qualidade técnica, posiciono-me bem no campo.
Não gosto muito de me descrever enquanto jogador. Os treinadores que me conhecem sabem o que eu posso valer.
Mas em todos os clubes por onde passei, saí sempre de cabeça erguida porque dei tudo o que tinha e o que não tinha e acima de tudo, respeitei sempre todos.

FDL – Quais os melhores e piores momentos que guardas desta tua carreira de jogador?
Juvenal –
Já tive muitos bons momentos, mas os que me marcaram mais foram, as chamadas à Selecção Nacional, a chamada do actual treinador do Sporting, Domingos Paciência, para integrar um treino da equipa profissional da União de Leiria.
Em relação aos piores momentos, não poderia deixar de falar na grave lesão que sofri no joelho. Tive cerca de 2 anos sem competir.
Felizmente superei a lesão, com muito esforço, muito sacrifício e muitas lágrimas.
Outro dos piores momentos mais marcantes da minha carreira foi a descida de divisão pela União Desportiva da Serra. Tínhamos uma excelente equipa, mas reagimos tarde demais, ainda conseguimos ir para a última partida fora da zona de despromoção, mas acabámos por descer.

 FDL - Qual o treinador que te marcou mais?
Juvenal – Todos eles, seria muito ingrato da minha parte estar a nomear um só treinador. Tive a sorte de conhecer e ser jogador de grandes treinadores, entre eles, mister Fredy Biel (União de Leiria), Nuno Cardoso (actual director desportivo da Naval 1º de Maio), Fernando Mateus, mister Mário Artur (União de Leiria), Gonçalo Raimundo (Ginásio de Alcobaça), mister Frederico Rasteiro e mister Luís Morgado (União da Serra) e agora o mister Walter Estrela, de quem já tinha muito boa impressão.

 FDL – Qual é o jogador que admiras?
Juvenal –
Embora não seja um jogador que actue na minha posição, sempre admirei muito o Thierry Henry, no tempo em que jogava no Arsenal, ficava colado à TV só para o ver jogar. Mas tenho várias referências na minha posição, o Ricardo Carvalho que apesar de não ser um central muito alto, é um senhor a jogar. Aprecio muito o Luisão, Bruno Alves, Vidic, David Luiz, etc. Gosto de os ver jogar e tentar aprender um bocadinho com tudo o que vejo.

FDL – Quais são os teus objectivos para esta época no G.C. Alcobaça?
Juvenal –
Em primeiro lugar quero conquistar um lugar no onze. Apesar de ter vindo de uma divisão superior, sei que não tenho o lugar guardado, tenho que trabalhar para conseguir ser titular, espero não ter lesões e jogar o maior número de jogos possíveis.
Em relação à equipa é muito simples, ir o mais longe na taça de Portugal, onde iremos defrontar o Tondela e acredito que seja possível, dada a qualidade do plantel. No campeonato o objectivo é ganhar o maior número de jogos e no fim subir à 2ªa divisão. Nada é impossível e acredito no potencial da equipa.

FDLTens objectivos futuros de representar um clube de maior dimensão?
Juvenal - Claro que sim, sou muito jovem ainda. Infelizmente no nosso país aposta-se pouco nos jogadores de divisões inferiores, preferem jogadores estrangeiros, quando temos belíssimos jogadores a actuar em equipas secundárias. Mas vou lutar por esse objectivo, sabendo que será difícil, mas não impossível.

Aproveito para dizer que gosto bastante do vosso blog, continuem com o bom trabalho que nos têm apresenteado, é de louvar que haja pessoas como vós, que contribuam, para o futebol distrital de Leiria.

Um abraço
Micael Rodrigues

1 comentário:

  1. Excelente jogador. Pena é que equipas como a UD Serra e Marinhense ja nao tenham dinheiro para andar na 2ªDivisão e assim tambem os jogadores do distrito ficam a perder, pois nao tem acesso a essa divisão. Em termos financeiros e desportivos apenas neste distrito o Caldas consegue fazer figura, deresto grande crise.

    ResponderEliminar