terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Juniores: SCL Marrazes perde em partida com pouco interesse


Tocha 1
Igor; João Nunes, Nuno, David, Magalhães, Diogo Cavaleiro, Rui Dias, João Reis, Daniel (Serrano, 83 min.), Temótio (Pedro Rama, 65 min.) e Miguel (Ricardo Rocha, 69 min.). 
Não jogaram: João Silva, Caldeira e Cazé. 
Treinador: Luís Carvalho.
.
SCL Marrazes 0
Diogo; Frade, Eusébio (Alex Prado, 28 min.), Tozé, João Roncy, André Lourenço, Pedro Horta, João Matos, Chiqui-nho, Edmilson e Rui Brilhante.
 Não jogaram: Pité. 
Treinador: Paulo Rabaça.
.
Complexo Desportivo da Tocha
Árbitro: Nuno Roque (Coimbra). Auxiliares: João Martins e Luís Coelho.
Espectadores: 100. 
.
Ao Intervalo: 0-0.
Golos: Daniel (47 min.).
.
No recomeço da 2.ª fase do Nacional da 2.ª Divisão de juniores, o Tocha recebeu e venceu o Marrazes por 1-0. Numa tarde muito fria, o encontro também não foi muito bem jogado de parte a parte e teve muitos poucos momentos de interesse.
Nos primeiros minutos, a equipa anfitriã dominou territorialmente, enquanto a turma visitante explorou mais o contra-ataque. Mas foi o Tocha a dispor da melhor ocasião e única na primeira parte. Aos 31 minutos, Miguel levou a melhor sobre um adversário e foi à linha de fundo cruzar para o interior da grande área, aparecendo João Nunes, de pé esquerdo, a rematar. O guarda-redes defendeu a bola, mas esta ainda bateu no poste e depois um defesa do Marrazes aliviou para canto.
O segundo tempo começou praticamente com o golo do Tocha. Foi uma bela jogada pelo lado esquerdo com João Reis a ir à linha de fundo centrar para o segundo poste, onde apareceu Temótio, de cabeça, a assistir Daniel que, muito oportuno, atirou para o primeiro golo da partida.
Com este golo, o Marrazes subiu as suas linhas à procura do tento da igualdade, mas foi o Tocha que podia ter ampliado o marcador. Aos 60 minutos, Daniel fugiu aos defesas e na cara de Diogo rematou ao lado. Até ao final dos 90 minutos, os visitantes tudo fizeram para chegar ao empate, só que oportunidades nem vê-las.
Num embate que não foi bonito de se ver jogar, a vitória dos donos da casa é inteiramente justa. Arbitragem foi mesmo a melhor equipa em campo.

Texto: José Fatia (Diário de Leiria)

Sem comentários:

Enviar um comentário