domingo, 23 de março de 2014

Castelo Branco testa candidatura da União de Leiria

A U. Leiria joga muito do seu futuro no CN Seniores com a saída de hoje a Castelo Branco. Após uma inédita série de duas derrotas consecutivas na época, a equipa de Rui Nascimento está obrigada a vencer para continuar a acalentar esperanças na subida à 2.ª Liga e o técnico admite que o fator psicológico foi um dos aspetos fundamentais a trabalhar com o grupo de trabalho durante a semana.
“O campeonato está muito equilibrado e não tenho dúvidas que será disputado até ao fim. A equipa vinha de uma boa sequência de resultados, mas ficou algo abalada com a derrota injusta frente ao Oriental. Na Sertã não estivemos ao nível desejado, mas acreditamos numa boa resposta no próximo jogo”, garante o treinador, que está pouco preocupado com a qualidade de jogo num período decisivo da temporada.
“Nesta fase, o importante é ganhar jogos, não é o jogar bem. Sabemos que vamos defrontar um ataque muito concretizador, estamos preparados para esse ponto forte do adversário, mas não vamos limitar-nos a defender”, assegura Rui Nascimento, salientando que os leirienses têm “qualidade no último terço do terreno e apenas falta afinar a pontaria” para a equipa voltar a marcar com regularidade.

Alterações
As duas derrotas seguidas comprometeram parte das aspirações da União e deverão obrigar o treinador a operar algumas mudanças no onze. Rui Nascimento não diz, contudo, que peças irá introduzir na equipa inicial.
“Há jogadores em sobrecarga de esforço e é muito natural que se façam algumas alterações na equipa, embora mantendo a estrutura”, frisa o técnico, que continua a acalentar o sonho de guiar o clube aos campeonatos profissionais: “Assumimos a subida como um objetivo e nada está perdido. Há equipas e jogadores de qualidade neste campeonato e a luta vai ser grande, mas acreditamos que estamos preparados para vencer.”

Gigante em risco
A U. Leiria reforçou-se em janeiro com vista a atacar a última metade da temporada, mas há um reforço que pode, afinal, ser descartado. O avançado Mike Otojareri (ex-Sheikh Jamal) não tem impressionado nas primeiras semanas de trabalho em Leiria e a equipa técnica está, inclusive, a avaliar a sua continuidade no clube. Esta semana deverá ser tomada uma decisão sobre o futuro do avançado nigeriano, cujas características pouco acrescentam à equipa.

Joaquim Paulo - Record

Sem comentários:

Enviar um comentário