quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Juniores : UD Leiria vence e mantém esperança na segunda fase

Campo da Mata, Santa Eufémia
Árbitro: Rui Mendes (Santarém).
Auxiliares: Adriano Sousa e Pedro Lopes.
Espectadores: 100.
.
UD Leiria 2
Vítor Lopes, Zé Rodrigues, Benny, Sandro, Miguel Ângelo, Fred, Tito, Rui Rodrigues (Simão, 69 min.), Afonso (Vítor Pontes, 83 min.), Miguel Miguel, Carlos Oli
veira (Rúben Fernandes, 78 min.).
Não jogaram: Bruno, Stephen, Bernardo, Madruga.
Treinador: Tiago Vicente.

AD Oeiras 0
Thierry, Ruben, Ronivaldo, Carlos, Tiago (Karas, 39 min.), João Guilherme, Galvão (Simão, int.), Bubaca, Feijão (Henrique, 75 min.), Pipo, Gonçalo Maria. Não jogaram: Gonçalo Rosa, Alex, Bemba, Tiago Mendonça.
Treinador: Bruno Santos.
.
Ao intervalo: 1-0

.
Golos: 1-0 por Miguel Ângelo (6 min.); 2-0 por Miguel Miguel (56 min.).
Acção Disciplinar: Amarelo a Pipo (28 e 53), Feijão (38), Fred (42), Miguel Miguel (57), Benny (58), Ronivaldo (71), João Guilherme (88). Vermelho directo a Sandro (44) e por acumulação a Pipo.
.
A UD Leiria manteve a esperança de conseguir o apuramento para a fase final ao vencer o rival directo, o AD Oeiras, por 2-0, num jogo em que foi quase sempre superior.
Os leirienses tiveram uma entrada feliz com Miguel Ângelo a dar a melhor sequência a um livre apontado para a área por Fred. Inaugurado o marcador, a UD Leiria não tirou o pé do acelerador e novamente Fred, num livre directo, colocou à prova Thierry que realizou uma grande defesa.
O Oeiras só conseguiu reagir em contra-ataque, com Feijão a rematar à entrada da área com perigo, mas um pouco por cima. Perto do intervalo, a formação visitante esteve perto do empate com Gonçalo Maria a atirar de primeira pouco ao lado. A um minuto do intervalo, o central Sandro viu vermelho directo por ter ofendido... o adversário, deixando a União a jogar com menos um homem.
No segundo tempo, o Oeiras entrou com maior velocidade e Pipo colocou Vítor à prova num livre directo. Pouco depois, o avançado acabaria por ver o segundo amarelo.
Assim, o jogo voltou a ficar equilibrado com a UD Leiria a aproveitar para fazer o 2-0 numa excelente desmarcação de Tito que deixou Miguel Miguel na cara do golo. À saída do guarda-redes, o extremo executou um chapéu de belo recorte fixando o resultado.
Até ao apito final, não mais houve oportunidades de golo, num jogo em que o trio de arbitragem não agradou a nenhuma das equipas, pecando a nível técnico e disciplinar. Excesso de zelo na expulsão de Sandro.
.

 Texto e foto: José Roque (Diário de Leiria)


Sem comentários:

Enviar um comentário