terça-feira, 9 de outubro de 2012

Seniores : GC Alcobaça consegue vitória preciosa em Mortágua

Jogo no Campo da Gandara, em Mortágua.
Assistência: Cerca de 250 pessoas
Árbitro: Duarte Cerveira (Santarém)
Auxiliares: Nelson Andrade e José Sequeira

Mortágua - 2
Treinador: Maná
Jambé; Mauro, Fábio (Baresi, 45), Lebres, Gravata (Daniel, 45), Gomes, Diogo, Barca (Robinho, 79), Amaral, João Rosas e Carlos Almeida
Suplentes não utilizados: Hélio, Hugo Pinto, Mota e Leo Roque
.
Treinador: Walter Estrela
Fábio; Vidinha, Hélio, Carlos Fernandes, Bruno Daniel (João, 86), Silva, Miguel Pinheiro, Batista (Hugo, 59), Félix Carvalho, Tiago Lopes e Serginho.
Suplentes não utilizados: Filipe, Ruben, Ventura, Ris e Fábio II
.
Resultado ao intervalo: 2-2
Marcadores: Félix (11 e 65, de g. p.), Carlos Almeida (17), Bruno Daniel (29) e Gravata (42)
Acção disciplinar: Cartãi amarelo para: Félix (31), Mauro (65), Gomes (70), Diogo (70), Tiago Lopes (73) e João Rosas (81).
.
A equipa do Mortágua foi a que entrou melhor no encontro e em dez minutos o caudal ofensivo traduziu-se em três cantos. No entanto aos 11 minutos, numa altura em que os locais jogavam apenas com dez unidades devido ao facto de Gomes se encontrar fora do campo a ser assistido, e na primeira jogada de contra-ataque os visitantes surpreenderam os mortaguenses. Como lhe competia o Mortágua reagiu prontamente e aos 17 minutos Carlos Almeida repôs a igualdade. Os donos da casa procuraram dar a volta ao marcador e quando faziam a transição defesa-ataque, a bola foi recuperada por um jogador contrário, em zona proibida e isolou-se batendo o desamparado Jambé. Um erro que custou bastante caro. Mas até ao intervalo, o Mortágua continuou a lutar pelo melhor resultado e ainda antes do descanso foi Gravata que recolocou o empate no jogo.
Na segunda parte, o Mortágua dominou por completo o desafio. Criou várias oportunidades de golo, empurrou o adversário para o seu meio campo de onde saia só pela certa e sem com dificuldade. Mas a estava guardada a polémica no jogo para o minuto 65. Perante a surpresa de tudo e todos, o árbitro assinala uma grande penalidade contra o Mortágua, considerando que Mauro fez falta dentro da grande área, coisa que ninguém viu. Félix chamado a converter o castigo máximo não falhou. Até final os locais tudo fizeram para pontuar, mas os visitrantes usaram todos os argumentos para conseguirem queimar tempo, com muita complacência do árbitro que, assim, influenciou o resultado final.

Silvino Cardoso - Diário de Leiria

Sem comentários:

Enviar um comentário